Metáforas Epistemológicas e a Obra Aberta

“… o Informal relaciona-se insofismavelmente com uma condição geral de todas as obras abertas. Trata-se de estruturas que se apresentam como metáforas epistemológicas, como resoluções estruturais de uma consciência teorética difundida ( não de uma teoria determinada, mas de uma convicção cultural assimilada) : representam a repercussão, na actividade formativa, de determinadas aquisições das metodologias científicas contemporâneas,  e a reafirmação, na arte, daquelas categorias de indeterminação, de distribuição estatística, que regulam a interpretação dos factos naturais. Dessa maneira, o Informal coloca em questão, pelos meios que lhe são próprios, as categorias da causalidade, as lógicas a dois valores, as relações de univocidade, o principio do terceiro excluído.” 

ECO, Umberto, Obra Aberta, 1971

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: